Apresentação

O Festival Filme de Bairro visa fomentar e ser ponte entre a produção audiovisual e o registro do patrimônio histórico material e imaterial de Minas Gerais. Capacitando jovens por meio de oficinas de formação audiovisual. É um projeto destinado a produtores que estão dando seus primeiros passos no setor audiovisual, jovens e adultos.
Acompanhe e compartilhe as ações do projeto.

Release

Festival Filme de Bairro

 Secretaria de Cultura e Turismo de Minas Gerais e CEMIG apresentam a edição 2022 do Festival Filme de Bairro.

O Festival Filme de Bairro é um projeto destinado aos públicos jovens e adultos e visa fomentar a produção audiovisual e o registro do patrimônio histórico material e imaterial de Minas Gerais. Os participantes realizarão obras do gênero documentário em que o conteúdo explore a identidade cultural mineira – a nossa afromineiridade.
O projeto realizará oficinas de formação audiovisual voltadas para iniciação ao cinema, com foco na produção de filmes de no máximo quinze minutos de duração. As oficinas serão gratuitas, para cerca de 15 pessoas divididas em 3 módulos de quatro horas. Serão contempladas um total de vinte cidades em Minas Gerais.

No primeiro módulo será estudado roteiro, produção e gestão audiovisual. No segundo módulo, captação e edição  e no terceiro módulo direção e finalização, passando por todas as etapas estruturais de um projeto audiovisual em sua completude. Para a participação, uma chamada será aberta a produtores que estão dando seus primeiros passos no setor audiovisual.

Lançado em 2022, o Festival Filme de Bairro, tem como foco do projeto a valorização e a visibilidade das culturas afromineiras a partir de capacitações técnicas audiovisuais, com enfoque em Patrimônio Cultural em especial para as comunidades das Culturas Afro de Minas Gerais, as afromineiridades. 

Segundo o IEPHA, Instituto Estadual do Patrimonio Historico e Artistico de Minas Gerais, afromineiridades é o conjunto de referências culturais, tais como saberes, ofícios, formas de expressão, lugares, celebrações, dentre outras práticas afrodiaspóricas, presentes no estado de Minas Gerais. Ou seja, as afromineiridades são as diversas manifestações culturais – reinados, congadas, povos de terreiros, quilombos, capoeira, folias de reis e etc – que receberam influência ou que se originaram da cultura africana no Brasil. Essas manifestações acontecem desde os tempos coloniais até a atualidade e contribuem para a manutenção da identidade mineira, desta maneira o registro em forma de documentário, é de suma importância para garantir a memória de nossa cultura popular.

O festival é uma realização da 

Gesto Produtora e Secretaria de Cultura de Minas Gerais 

com patrocínio da Cemig

e apoio da Ouseria Produção e Instituto Gesto, Clariô e Ribal Produções

 

O projeto terá início dia 3 de novembro e as inscrições estão abertas dando prioridade a profissionais negros e ou de baixa renda, e ou moradores de regiões periféricas. Para mais informações e inscrições acesse nossas redes sociais: @festivalfilmedebairro e site filmedebairo.com.br